Durante uma visita ao Quartel do Comando-Geral da PM, em Curitiba, uma comitiva da Polícia Militar do Piauí conheceu o sistema de registro de acidentes de trânsito BATEU (Boletim de Acidente de Trânsito Eletrônico Unificado). A visita foi nesta sexta-feira (15/060 e estreitou laços entre as polícias do Paraná e do Piauí.

“Nós viemos conhecer o BATEU, para saber como ele é empregado no Paraná pois queremos levar esse avançado sistema para o nosso estado, o que vai maximizar a atuação dos militares estaduais no tocante ao policiamento ostensivo e a fiscalização do trânsito”, disse a comandante da Companhia Independente de Trânsito da PM do Piauí, major Ayla Maria.

A major foi acompanhada pelo Comandante do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), tenente-coronel Naassom Polak, e pode conhecer a Comandante-Geral da PMPR, coronel Audilene Rosa de Paula Dias Rocha. “Fiquei muito feliz em conhece-la , isso mostra que estamos no caminho certo, sei que ela vai cumprir muito bem o papel dela, não por ser mulher, mas mulher e policial militar”, completou a major Ayla.

BATEU – O Boletim de Acidentes de Trânsito Eletrônico Unificado (Bateu) teve o início de seus trabalhos do projeto em 2009, em Curitiba. Em 2011, o BPTran iniciou o módulo digitação BATEU com atendimento no local e na secretaria, passando em 2012 para a utilização da internet como ferramenta no registro de acidentes sem vítimas e a capacitação das unidades do interior do estado. O boletim é divido em registro de acidentes no local (com ou sem vítima), diretamente na Central de Atendimento do BPTran (Secretaria) ou pela internet (sem vítima).

SEM COMENTÁRIO

Deixe uma resposta