Homem fica em estado grave após ser espancado e amarrado durante roubo a residência em Bandeirantes PR

0
119

Ontem,  quarta-feira (18) por volta das 14:20 minutos a Equipe R.P.A foi acionada via 190, onde segundo denúncias, na Rua Guilherme Saques em Bandeirantes reside a pessoa de M.R e que vizinhos notaram sua ausência desde segunda-feira (16) a noite onde também teriam ouvido uma briga. Diante dos fatos a Equipe se deslocou ao local onde encontraram os portões fechados com cadeados, sendo assim optaram por pular o muro, e encontraram a porta da cozinha fechada, mas não trancada.

Ao adentrar na residência a Equipe se deparou com a vítima caída no chão do quarto, amarrado com fios nos pulsos e pernas com ferimentos na cabeça e no rosto. Uma cadeira estava sobre o corpo da vitima impossibilitando que a mesma tivesse chance de se libertar. Diante dos fatos foi acionado o Corpo de Bombeiros que socorreu a vitima, a qual estava com suspeita de traumatismo craniano, e ainda a mão direita e pé já em avançado estado de necrose.

Do local foi roubado um veiculo VW Gol branco quatro portas de placas DEF-1047, uma TV 42 polegadas, um micro ondas, e um celular da vítima. As equipes policiais se empenharam a buscarem informações onde lograram êxito em localizar a pessoa de C.R.O – 28 anos, no conjunto San Rafael onde este ao avistar as viaturas, empreendeu fuga subindo nos telhados de residências.

A Equipe realizou um cerco que após pular um muro veio sofrer um trauma em seu pé direito,  sendo contido. Foi feito o uso de algemas já que o suspeito é lutador de artes marciais e se encontrava agitado possivelmente sobre efeito de entorpecentes. Ainda no local indagado dos fatos o mesmo confessou a autoria dos fatos e segundo ele teria trocado os objetos por 30 pedras de crack.

Diante dos fatos foi dado voz de prisão ao autor e encaminhado para a Delegacia de Policia Civil. As equipes seguem em diligências afim de localizar os objetos subtraído da vitima que segue hospitalizado em estado grave.

 

SEM COMENTÁRIO

Deixe uma resposta